Justiça proíbe entrada de menores de idade em jogo da 4ª rodada do Paulista

Do UOL, em São Paulo

O XV de Piracicaba informou neste sábado (13), nas redes sociais, que menores de idade estão proibidos de entrarem na partida do clube contra o Mogi Mirim, fora de casa, no domingo (14), pela 4ª rodada do Campeonato Paulista. 

A decisão foi do Juiz Fábio Rodrigues Fazuoli, da 3ª Vara Cível de Mogi Mirim. Segundo o comunicado, o objetivo é "garantir a integridade de crianças e adolescentes". 

Presidente do XV, Rodrigo Boaventura, de acordo com Luciano Borges, do Blog do Boleiro, disse que "é uma medida absurda. Se é temerário menores de idade no estádio, então é temerário para todo mundo''. E assegurou: "Estamos vendo como podemos derrubar esta determinação".

O promotor Paulo Castilho, do Juizado do Torcedor e do Jecrim acrescenta que a decisão fere Estatuto do Torcedor e também o Estatuto da Criança e do Adolescente. "Não há amparo legal para esta medida. Estou estarrecido. Fica cada vez mais difícil trabalhar o futebol''.

O Mogi Mirim, lanterna do Grupo D, receberá o XV às 19h30 do domingo, no estádio Vail Chaves. 

Confira o comunicado

Informamos que, por determinação do juiz da 3ª Vara Cível de Mogi Mirim, Fábio Rodrigues Fazuolli, menores de 18 anos estão impedidos de assistir ao jogo entre o Mogi Mirim e XV de Piracicaba, que acontece amanhã, às 19h30, no estádio Vail Chaves. A determinação visa garantir a integridade de crianças e adolescentes. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos