Corintiano que quase deu um gol ao São Paulo se diz chateado por Lucão

Do UOL, em São Paulo

O zagueiro corintiano Yago, por pouco, também não teve seu momento de Lucão no clássico contra o São Paulo no domingo. Já neste dia seguinte, em entrevista coletiva, ele manifestou apoio ao colega são-paulino que teve falha crucial para o gol marcado por Lucca em Itaquera. 

"Eu fiquei chateado pelo Lucão, porque senti na pele o que é uma pequena falha. No meu lance o Cássio ajudou, mas pra ele não foi a mesma coisa", explicou Yago. 

No final do primeiro tempo, Yago errou um recuo e deixou Calleri livre diante de Cássio. Para a sorte dele e dos corintianos, o goleiro levou a melhor e impediu o empate. Já no fim da partida, o próprio Yago tratou de assegurar a vitória com um gol de cabeça. Para ele, também serviu para afirmação. 

"Quero abandonar rótulo de menininho, tenho 23 anos já. Claro que substituir o Gil é um trabalho e tanto, mas quero crescer jogo a jogo. O Tite é um cara bem correto. Quero fazer meu trabalho e conquistar meu espaço", comentou. "Havia dúvida até mesmo na gente, porque a espinha dorsal do time saiu. Mas a filosofia do Tite é a mesma, do lado do futebol e do lado humano. Ele trouxe isso e estamos dando conta do recado", acrescentou. 

Yago ainda fez comentários a respeito da expectativa pela estreia na Copa Libertadores, que será contra o Cobresal-CHI na quarta-feira. 

"O time do ano passado era mais pronto, tanto que fez a segunda melhor campanha da primeira fase. Esse time vai ser diferente, pretende crescer dentro da competição e talvez isso possa nos levar mais longe. A gente espera crescer jogo a jogo e quem sabe chegar mais longe". 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos