Como presidente da Assembleia de SP virou alvo da Gaviões em estádio

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Fernando Capez tem sido alvo de protestos da torcida corintiana no estádio

    Fernando Capez tem sido alvo de protestos da torcida corintiana no estádio

No último domingo, durante clássico diante do São Paulo, a torcida organizada corintiana Gaviões da Fiel protestou com faixas na arena do alvinegro. Três alvos eram diretos e expressos: Confederação Brasileira de Futebol, Federação Paulista e Rede Globo. A terceira faixa fazia referência a um antigo adversário: o atual presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, Fernando Capez, do PSDB.

Capez é inimigo declarado das torcidas organizadas desde o início da década de 1990, quando era Promotor de Justiça em SP e começou a se envolver no combate à violência nos estádios. Em 95, após um confronto que resultou em morte no Pacaembu, chegou a conseguir a extinção das torcidas Independente e Mancha Verde, de São Paulo e Palmeiras, respectivamente.

As torcidas chegaram a ter patrimônio confiscado, sedes fechadas e atividades interrompidas. Passaram a ter seus sócios cadastrados e fiscalizados pelo Ministério Público e Polícia Federal.

Em 2007, Capez foi eleito deputado estadual pelo PSDB – em 2015, chegou à presidência da Assembleia Legislativa. Na sua atuação como parlamentar surgiram denúncias que, anos depois dos embates da década de 90, recolocaram o deputado estadual na mira das organizadas – desta vez, da Gaviões.

Capez foi citado em um depoimento pelo lobista Marcelo Júlio como um dos beneficiários de um esquema de extorsão por superfaturamento de merendas na rede pública de ensino. O deputado nega as acusações, mas foi alvo da faixa que perguntava "quem irá punir o ladrão de merendas?", levada pela Gaviões à Arena Corinthians.

Os ataques não devem parar tão cedo, continuando nas próximas partidas – a organizada corintiana pretende seguir protestando contra as entidades que controlam o futebol brasileiro e o aumento dos preços de ingressos nos estádios.

Capez, antigo adversário, não deve ser poupado. Nas críticas ao deputado, a Gaviões pode até ganhar apoio das organizadas rivais, que têm no parlamentar um inimigo comum e antigo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos