Aberto a propostas, Mourinho diz: "Os clubes que me procuram"

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Tony O'Brien

Dois meses depois de sua demissão no Chelsea, José Mourinho vem repetindo em suas últimas entrevistas a jornais ingleses que pretende voltar logo ao futebol. A derrota do Manchester United para o pequeno Midtjylland, da Dinamarca, na partida de ida da segunda fase da Liga Europa, deixou Louis Van Gaal ainda mais ameaçado no Old Trafford.

De olho no que acontece no Manchester United e no mercado europeu, o técnico português, segundo o jornal The Sun, mostrou-se disponível para negociar com dirigentes interessados em contratá-lo. No entanto, ressaltou que a iniciativa deve partir dos clubes.

"Eu não procuro os clubes. Eles que me procuram", afirmou. 

Apesar de não ter nada confirmado sobre seu futuro, Mourinho disse que está animado para voltar a dirigir uma equipe.

"Só sei que amo o futebol e estarei de volta com a mesma paixão e ambição de sempre, tendo durante este período um comportamento respeito com todos os dirigentes e todos os clubes", acrescentou.

Mourinho esteve em Milão recentemente para almoçar com Massimo Moratti, presidente da Internazionale, mas descartou voltar em breve ao clube italiano.

"Deixe a Inter em 2010. Desde então, o trabalho era duro todos os dias em Madri e no Chelsea. Foi difícil encontrar um momento para almoçar com a família Moratti", contou.

Pela Internazionale, Mourinho conquistou uma Liga dos Campeões, duas edições do Campeonato Italiano, uma Copa da Itália e uma Supercopa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos