Balbuena diz que preferiu Corinthians ao São Paulo e elogia Gamarra

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr./Corinthians

Novo reforço do Corinthians, o zagueiro Balbuena chegou a ser sondado pelo São Paulo, mas optou por acertar com o time do Parque São Jorge. "Eu preferi jogar no Corinthians", afirmou o paraguaio durante entrevista coletiva, nesta sexta-feira (19).

"Agora estou no Corinthians, dei minha palavra ao pessoal do Corinthians. Para mim, é o que conta. A palavra de um homem tem de ter valor. Foi a única coisa que me fez escolher o Corinthians. Vou defender esta camisa até a morte", afirmou Balbuena em sua apresentação no CT Joaquim Grava.

Durante a negociação com o jogador, o diretor de futebol adjunto do Corinthians, Eduardo Ferreira, disse que o São Paulo tentou atravessar o acerto com o atleta.

"Estranhamente, a gente vinha conversando há uma semana e logo acertado toda a parte com o jogador. Quem está no futebol há muitos anos fala que estava se estendendo demais o acerto. Estranhamente, depois que saiu na imprensa pelo clube de lá e confirmei aqui, apareceu o São Paulo no meio", declarou Ferreira na ocasião.

Contratado por aproximadamente R$ 6 milhões, Balbuena já trabalhava no CT Joaquim Grava desde a última semana e até acompanhou dois jogos do Corinthians na Arena. Depois de alguma espera, o nome dele já consta no Boletim Informativo Diário desta segunda na CBF. O jogador, inclusive, foi inscrito na Libertadores.

No Corinthians, Balbuena chega com a sombra de outro paraguaio que fez sucesso no clube: Gamarra. "Vários paraguaios passaram pelo Corinthians, e o Gamarra é muito conhecido no Paraguai e aqui também. Estou consciente de que posso fazer um bom trabalho", continuou.

Ao 24 anos, Balbuena chega ao Corinthians para suprir a saída de Gil, que se transferiu para o futebol Chinês. "É um desafio grande jogar na melhor defesa do Brasil. Venho para somar e ajudar. Vou tentar fazer com que não se note a falta de algum zagueiro", afirmou.

Por último, o paraguaio afirmou ter contato com o auxílio do conterrâneo Ángel Romero para se adaptar ao Brasil. "O Romero, por ser paraguaio, vai ser importante para minha adaptação também. Até para conhecer São Paulo, que é uma cidade muito grande, onde é fácil se perder", brincou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos