Justiça proíbe lançamento de livro picante contando caso de Eto'o com ex

Do UOL, em São Paulo

O atacante Samuel Eto'o, atualmente no futebol turco, conseguiu proibir a publicação de um livro escrito por uma ex-namorada sua, Nathalie Koah. Na obra, a autora – que alega ter se relacionado com Eto'o entre 2007 e 2014, embora ele seja casado com outra mulher desde 2007 – dá detalhes sobre a vida sexual dos dois.

Reprodução
Lançamento do livro foi proibido em primeira instância por tribunal francês
O nome do livro é Revenge Porn – Foot, sexe, argent: le témoignage de l'ex de Samuel Eto'o ("Vingança Pornô – Futebol, Sexo, Grana: o testemunho da ex de Samuel Eto'o", em tradução livre). Na obra, Nathalie diz ter sido "humulhada e traída" pelo ex-jogador de Real Madrid, Barcelona, Inter de Milão e Chelsea.

O lançamento da publicação, entretanto, foi proibido em primeira instância por um tribunal de Paris. A editora responsável entrou com recurso, que deve ser julgado nos próximos dias.

Ao longo da obra, Nathalie dá detalhes da convivência dos dois, além de acusar Samuel Eto'o de publicar fotos íntimas dela. O jogador chegou a denunciar a ex-amante, que disse que continuará "lutando" para lançar a história. "Sou uma vítima", assegura.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos