Carlinhos alerta SP a evitar nova crise: 'temos que nos blindar mais'

Do UOL, em São Paulo

Duas derrotas seguidas estremeceram o ambiente no São Paulo. A crise ficou maior após notícias de atraso nos direitos de imagem e críticas ao time feita por um assessor da presidência. Titular na vitória tricolor contra o Rio Claro, 1 a 0, o lateral/meia Carlinhos entende que essa instabilidade ganhou volume porque muitos assuntos foram levados a público.

Carlinhos cobrou maior comprometimento de jogadores, funcionários e diretoria do São Paulo no sentido de não expor assuntos externos.

"Todo lugar tem que ter reunião, conversa, ver o que está certo e errado. E isso fica em casa. Volto a repetir: temos que nos blindar mais. Não só os jogadores, mas o clube em si, todo o São Paulo".

"É evitar que aconteça o que surgiu durante os últimos dias. Eram situações reais, mas que poderiam ser evitadas", disse o atleta, em entrevista coletiva nesta segunda, no CT da Barra Funda.

O aviso de Carlinhos é endereçado principalmente a Rodrigo Gaspar, assessor da presidência. O assessor usou as redes sociais para criticar os jogadores Michel Bastos, Centurión e Rodrigo Caio.

"Ficar chateado [com o time], a gente entende, mas têm as maneiras certas de fazer a cobrança. Faltou o principal de tudo: o respeito. Em momento algum se pode desrespeitar alguém da maneira como foi", prosseguiu Carlinhos.

No fim de semana, os atletas do São Paulo encerraram a greve de silêncio com a imprensa. O pacto para não falar com os repórteres foi firmado após denúncias de atrasos de direitos de imagem.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos