Dirigente vai a Florianópolis e Atlético-MG se aproxima de Clayton

Dassler Marques e Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo e em Belo Horizonte

Grande @claytonoficial07 ... Que Deus nos mostre o melhor caminho #deusnocomando #familiajmb

Uma foto publicada por ??GRUPO JMB (@jorgemmachado) em

O Atlético-MG segue forte na briga pela contratação de Clayton. O diretor de futebol Eduardo Maluf foi a Florianópolis, nesta segunda-feira (22), para se reunir com o próprio jogador, o empresário Jorge Machado, responsável por agenciar a sua carreira, e também tentar um acordo com o Figueirense. O encontro, marcado em hotel do centro da cidade, pode selar a transferência do atacante para a Cidade do Galo.

O estafe do atleta, de 20 anos, pretende definir o seu futuro até a noite desta segunda. Entretanto, o acordo depende também da liberação dos catarinenses, que negociam por meio de Cleber Giglio, superintendente de futebol da agremiação.

O desejo do dirigente alvinegro é retornar de Santa Catarina com um desfecho positivo, mesmo que conte com a forte concorrência do Corinthians. Mineiros e paulistas ofereceram o mesmo valor - 3,5 milhões de euros (R$ 15,2 milhões) - para tirar o atleta do estádio Orlando Scarpelli.

Na quinta-feira passada (18), o UOL Esporte divulgou que Clayton deve optar pelo Atlético em detrimento do Corinthians por crer que, no elenco comandado por Diego Aguirre, terá mais facilidade para se entrosar com os demais jogadores. A decisão do jogador só será conhecida nesta segunda, após as conversas.

O Atlético tenta a contratação de Clayton há algum tempo. A primeira investida foi com o intuito de inscrevê-lo na fase de grupos da Copa Libertadores. Porém, com as negativas do Figueirense, as conversas se arrastaram e parecem se aproximar do fim somente agora. A relação estreita de Jorge Machado, seu representante, com o clube também é um ponto favorável. Ele agencia as carreiras de Rafael Carioca e Carlos, atletas que têm vínculo na Cidade do Galo.

O Figueirense detém 10% dos direitos do jovem, fatia idêntica à do Banco BMG. Jorge Machado, incumbido de agenciar a carreira do atleta, conta com 15%, percentual semelhante ao do pai do atleta. A Alliance, empresa do presidente Wilfredo Brillinger, é dona de 30% e o empresário Eduardo Uram é detentor de 20%.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos