Napoli só empata com Milan e perde chance de reassumir a ponta do Italiano

Do UOL, em São Paulo

O Napoli, em casa, no estádio San Paolo, nesta segunda-feira (22), perdeu a chance de retomar a liderança do Campeonato Italiano, ao empatar com o Milan em 1 a 1.

Lorenzo Insigne, do time mandante, abriu o placar, aos 38 minutos do primeiro tempo. Pouco depois, aos 43, Bonaventura devolveu igualdade ao marcador.

Nesta mesma 26ª rodada, a Juventus, na última sexta-feira (19), ficou no 0 a 0 com o Bologna, e chegou aos 58 pontos. O Napoli, caso vencesse, voltaria à ponta do nacional, mas, com empate, segue como vice, agora com 57 pontos.

Ainda assim, o clube se mantém como melhor anfitrião desta edição da competição. São 10 vitórias no San Paolo, além de três empates e nenhuma derrota.

O Milan, apesar dos oitos jogos de invencibilidade, faz, outra vez, campanha decepcionante no Italiano. O time continua na 6ª posição, com 44 pontos, quatro atrás da rival Inter de Milão – que, em 5º, é a primeira equipe na zona de classificação à Europa League.

Na próxima rodada, o Napoli vista a Fiorentina, que ainda sonha com o título, na segunda-feira (29). Antes, no sábado, o Milan recebe o Torino, no San Siro. No domingo, jogo que interessa aos dois: Juventus e Inter se enfrentam em Turim. 

Os gols   

O Napoli se lançou atrás do primeiro gol, mas o Milan se mostrou solido na defesa e impedia as chegadas do rival na área. O jeito foi arriscar de longe: Insigne soltou o pé, um chute despretensioso que desviou no zagueiro brasileiro Alex, enganou o jovem goleiro Donnarumma, e morreu no fundo da rede, no canto esquerdo baixo.

Se o clube mandante abriu a contagem aos 38 minutos da metade inicial, o Milan respondeu rápido, aos 43. Já fazia tempo que os visitantes não iam à frente quando Honda cruzou da direita e Bonaventura, no segundo poste, empatou a partida. 

Trave impede liderança do Napoli

Já com a partida empatada em 1 a 1, o Napoli, com o belga Mertens, aos 22 minutos do segundo tempo, carimbou a trave em chute seco. No lance, o goleiro Donnarumma já estava batido. Seria o tento da vitória (e da liderança), mas o poste impediu. 

Higuaín, nos acréscimos, também teve duas chances. Em ambas, finalizou nas mãos do arqueiro rival. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos