Santos põe preço em R. Oliveira, vai à Fifa e acusa chineses de aliciamento

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo

  • Eduardo Anizelli/Folhapress, ESPORTE

    Ricardo Oliveira tenta chute para o Santos no jogo contra o Palmeiras, pelo Paulistão

    Ricardo Oliveira tenta chute para o Santos no jogo contra o Palmeiras, pelo Paulistão

Uma reunião aconteceu na Vila Belmiro na tarde desta quarta-feira para tratar da possível saída do atacante Ricardo Oliveira do Santos. Em conversa com a diretoria alvinegra, o jogador passou detalhes de uma oferta Beijing Guoian, da China, que já conta com o meia Renato Augusto e o volante Ralf. Os chineses, entretanto, não estariam dispostos a pagar nada ao clube da Baixada, o que irritou a diretoria.

"Não ficou resolvido muita coisa. Vou conversar com o Comitê Gestor. Eles já fixaram um valor para a saída, menor que a multa, pois reconhecemos que ele já tem 36 anos, mas é nosso capitão e artilheiro. Fixamos o valor de venda em 12 milhões de euros", disse o presidente Modesto Roma Júnior.

Modesto ficou bastante incomodado, e afirmou que abriu processo contra o Beijing Guoian por aliciamento na Fifa. "Nós estamos notificando a Fifa por aliciamento ao jogador. Se quiser falar, pague 12 milhões de euros. É um valor, entendemos que dá espaço para o Santos encontrar um substituto para ele".

O clube chinês está disposto a pagar ao jogador pouco mais de um R$ 1 milhão por mês, montante muito superior ao ordenado do atleta na Vila Belmiro. Com um reajuste no início deste ano, Ricardo Oliveira passou a receber R$ 150 mil mensais.

"Eu acho que os chineses precisam aprender que os clubes do Brasil não são mercado chinês. Não é chegar e levar e pronto. Por isso estamos fazendo uma notificação contra o clube pelo assédio e vamos encaminhar ao clube", acrescentou o mandatário santista.

Ricardo Oliveira chegou ao Santos no ano passado com salário de R$ 50 mil. Artilheiro do Campeonato Paulista, teve seu contrato renovado com aumento e repetiu a dose no Brasileirão, mais uma vez se sagrando artilheiro.

O atacante viu na proposta chinesa última grande oferta para que ele concretize de vez a sua independência financeira. Inicialmente, o Santos acenou que não negociaria com o clube chinês, mas acabou mudando de posição e definindo um valor.

Com a camisa do Santos, nesta passagem, Ricardo atuou em 67 partidas, marcando 39 gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos