Coritiba homenageia ídolo com estátua, apresentação e até nome no BID

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Site oficial da CBF

    Dirceu foi registrado pelo Coritiba e teve seu nome publicado no BID nesta quarta

    Dirceu foi registrado pelo Coritiba e teve seu nome publicado no BID nesta quarta

Eterno ídolo alviverde, o ex-jogador Dirceu Krüger, seis vezes campeão estadual pelo Coritiba, tem motivos de sobra para se emocionar esta semana. Nesta quarta-feira, o Flecha Loira, como também é conhecido, ganhará uma estátua em tamanho real na frente do estádio Couto Pereira. Um dia depois, Dirceu entrará em campo como jogador do time paranaense – ele teve até seu nome publicado no BID na CBF – e dará o pontapé inicial da partida contra o Rio Branco-PR.

As ações fazem parte das comemorações dos 50 anos de serviços ininterruptos prestados por Dirceu Krüger ao Coritiba. Jogador alviverde entre 1966 e 1975, o Flecha Loira trabalha há mais de 15 anos com as categorias de base do clube. E parece se tornar cada vez mais ídolo da torcida, responsável por arrecadar o dinheiro necessário para a construção da estátua.

Na última terça, Krüger teve um dia de jogador e foi apresentado por Gilson Kleina em coletiva de imprensa. Depois de entregar a camisa alviverde estampada com o número "50" e o sobrenome "Krüger" para Dirceu, o técnico enalteceu o ex-jogador e brincou com a situação: "Estou apresentando para vocês o novo atleta do Coritiba", disse. "Estou ao lado de um grande atleta, goleador e treinador que tive o privilégio de trabalhar ao lado", acrescentou.

Nesta quarta, a emoção de Krüger ficará a cargo da estátua em sua homenagem que será inaugurada na frente do Couto Pereira. Tudo graças ao torcedor alviverde, que arrecadou quase R$ 200 mil – a maior parte através de uma vaquinha na internet – pra conseguir a construção da obra, feita pelo escultor carioca Edgar Duvivier, o responsável pelas esculturas de Garrincha, Zagallo, Jairzinho e Nilton Santos, presentes no Engenhão, no Rio de Janeiro.

Já nesta quinta-feira, Dirceu Krüger – que teve até seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) após solicitação do Coritiba – terá mais um dia cheio. Ele será o primeiro da fila de jogadores que  entrarão em campo no jogo contra o Rio Branco.  Além disso, deve carregar a braçadeira de capitão e dar o primeiro pontapé na bola.

"É um momento que a gente não consegue ter palavras de tanta emoção e alegria", disse Dirceu Krüger, que depois brincou com o técnico Gilson Kleina. "Fique atento porque quando me ver estarei querendo jogar. Vou entrar em campo muito feliz, uniformizado e vou poder viver esse momento de 40 anos atrás, quando paramos de jogar", acrescentou o Flecha Loira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos