No dia em que a Champions "virou" Liga Europa, sobrou até para craque Neto

Do UOL, em São Paulo

Manchester City e Atlético de Madrid entraram em campo pela Liga dos Campeões nesta quarta-feira (24). As estrelas Yayá Touré, David Silva e Agüero deram show, mas não foi o suficiente para os fãs. Na última terça, Barcelona e Bayern de Munique jogaram, e aí a concorrência é desleal. Na internet, até "confundiram" o maior torneio do continente com a Liga Europa. Teve até quem preferisse o Cariocão à competição recheada de astros. 

Dentro de campo, o City venceu o Dínamo Kiev na Ucrânia, por 3 a 1. Nada fora do normal: deu a lógica, sem muita dificuldade. Na Holanda, o Atlético de Madrid não confirmou o ligeiro favoritismo e amargou 0 a 0 com o PSV, em jogo devagar – quase parando. Confira os destaques do dia. E as cornetadas dos tuiteiros. 

NOVO JOGO, O HERÓI DE SEMPRE

John Sibley / Reuters

O argentino Sergio Agüero mais uma vez abriu caminho para a vitória do Manchester City, na Ucrânia. Aos 14 minutos do primeiro tempo de partida equilibrada, o atacante recebeu passe de cabeça de Yaya Touré, dentro da área, matou a bola no peito e fuzilou de pé direito - se não foi uma pintura, ao menos podemos chamar de um belo gol. Foi o 22º tento do jogador na Liga dos Campeões em 42 duelos disputados - é o maior artilheiro do time na história do torneio. 

O CRAQUE DA PARTIDA

John Sibley / Reuters

Agüero pode até ficar debaixo dos holofotes por causa da série de gols que faz - o argentino deixou a sua marca nos últimos oito jogos do City -, mas foi o espanhol David Silva quem levou o clube à vitória. No 2 a 1, deu origem ao primeiro tento e assinou o segundo. Silva cobrou o escanteio na jogada em que Agüero abriu o placar e, aos 40 minutos do tempo inicial, depois de passe de Sterling, já sem goleiro para lhe atrapalhar, empurrou a bola para as redes. 

O AZARADO

Valentyn Ogirenko / REUTERS

Lembra de Otamendi, zagueiro argentino que virou ídolo do Atlético-MG? Pois ele foi personagem da partida - e não como destaque positivo. No gol do Dínamo de Kiev, aos 13 minutos do segundo tempo, de Buyalsky, o defensor tentou travar o chute para a meta, mas a bola desviou nele e morreu na rede. Sem chances para o arqueiro. Que azar!

E QUE FRIO!

Valentyn Ogirenko

Reparou nas luvinhas, nas mangas compridas de Sterling e David Silva? Não foi à toa. Em Kiev, na Ucrânia, durante a partida, o termômetro marcava 1ºC. Mais do que isso: a umidade chegou a 98%.

A PINTURA DO DIA

Gleb Garanich / REUTERS

Coube a Yayá Touré dar números finais à partida na Ucrânia, e ele o fez com estilo. Após tabelar com o brasileiro Fernandinho, carregou a bola para o pé canhoto - teoricamente o ruim - e soltou a bomba, no ângulo, sem dar chances ao goleiro rival. Um pintura para fechar o 3 a 1.

ENQUANTO ISSO, NA HOLANDA...

Reprodução / memedeportes.com

Antes de a partida começar, a internet já havia dado como derrotado o PSV, que enfrentaria o Atlético de Madrid - apesar de atuar em casa, os holandeses não teriam chance contra o clube que briga pela liderança do Campeonato Espanhol. A não ser que... confira o "meme" que circulou nas redes sociais. 

QUEM PRECISA DE GOLEIRO?

Emmanuel Dunand / AFP

Zoet é o goleiro do PSV, e já no primeiro lance da partida contra o Atlético de Madrid foi batido por Vietto, atacante rival. Mas e daí? O clube anfitrião tem Bruma na zaga, e o defensor foi o "salvadoe" da equipe no duelo. Correu, correu, correu e, em cima da linha, cortou o lance. Se a partida terminou em 0 a 0 e os holandeses ainda sonham com a vaga, muito deve ser creditado a ele.

CRAQUE NETO CONTRA O URUGUAIO...

Peter Dejong / AP

O jogo entre PSV e Atlético de Madrid foi transmitido em TV aberta, na Bandeirantes, com comentários do craque Neto, que achou um jogador para pegar no pé. Gastón Pereiro, uruguaio do time da casa. "Ele até tem a perna canhota", elogiou, antes de cornetar: "mas a verdade é que é meio morto, está na 'tiriça'". Mais tarde, aos 22 do segundo tempo, o atleta foi expulso, depois de disputa de bola no alto com o compatriota Godín. Neto encheu a boca: "Foi juvenil, um neném". O time não teve maiores prejuízos sem o atacante. 

... E A INTERNET CONTRA O CRAQUE NETO

Neto, por outro lado, não poupou elogios a Diego Simeone e seu time, o Atlético de Madrid. Para ele, a superioridade da equipe era evidente, e o jogo estava agitado. E aí, internet, você concorda?

 

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos