Presidente quer aprovar mudanças na Fifa: 'olhos do mundo estão sobre nós'

Do UOL, em São Paulo

O Comitê Executivo da Fifa convocará as federações filiadas para aprovar gama de reformas apresentadas no estatuto da entidade. Entre as alterações pretendidas estão o aumento da bancada feminina, informações sobre salários de dirigentes da Fifa e fim das reeleições "infinitas" para presidentes.

As mudanças precisam ser referendadas pelo Congresso Extraordinário da Fifa, que acontecerá nesta sexta-feira, dia da eleição presidencial.

O presidente da Fifa, Issa Hayatou, destacou a importância da reforma.

"Os olhos do mundo estão sobre nós nesta semana após um dos períodos mais difíceis da nossa história. A aprovação das reformas enviará uma forte mensagem do que ouvimos e do que estamos fazendo para recuperar a confiança", disse Hayatou.

Uma das principais mudanças será a limitação do número de mandatos consecutivos. Um dirigente poderá se reeleger por no máximo dois vezes, com quatro anos de mandato cada.

O Comitê Executivo atualmente é composto por 24 representantes. Com a alteração sugerida, a bancada passará a contar com 36 membros, com pelo menos seis mulheres. O Comitê Executivo passará a se chamar "Conselho Fifa".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos