Decisivo, Messi foi quem menos correu em triunfo sobre o Arsenal

Do UOL, em São Paulo

  • AFP / Adrian Dennis

    Messi e Neymar comemoram o segundo gol do Barcelona contra o Arsenal

    Messi e Neymar comemoram o segundo gol do Barcelona contra o Arsenal

O argentino Messi pode não ter um físico tão vigoroso quanto Cristiano Ronaldo ou Diego Costa na Liga dos Campeões, mas sabe bem usar suas habilidades e inteligência dentro de campo. Na vitória por 2 a 0 sobre o Arsenal fora de casa, o craque foi o que menos correu em campo, mas mesmo assim foi responsável pelos dois gols do Barcelona.

Messi não é um atleta acostumado a correr longas distâncias como os atacantes rivais. Corre menos e com velocidade menor que Cristiano Ronaldo, dosando melhor seu esforço e dosando bem a sua energia nas partidas. Segundo dados do jornal Marca, o atacante do Barcelona registrou 31.635 m, contra 61.085 do português do Real Madrid.

No jogo da última terça-feira, o craque percorreu 8.402 m e foi o que menos correu dentre os atletas de linha do Barça. Enquanto Neymar registrou 10.258 m e Suárez, 10.216, o atleta que mais se esforçou foi Iniesta, com 11.490 m corridos contra o Arsenal.

E não foi só entre os atletas do Barça que Messi se destacou por correr pouco. O atacante usa sua qualidade individual e inteligência para evitar esforços excessivos, sendo paciente e esperando o momento certo para dar o bote nos rivais. Lorenzo Buenaventura, preparador físico do Barça quando o time era treinado por Guardiola, destacou a estratégia do argentino. "Ele caminha em campo, porque assim ele olha, para e pensa: Agora vou fazer isso", explicou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos