Documento atrasa e reforço do Grêmio não terá estreia antes da Libertadores

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

    Miller Bolaños chegou no começo do mês e só poderá estrear em março

    Miller Bolaños chegou no começo do mês e só poderá estrear em março

A expectativa de ter a estreia de Miller Bolaños no sábado, contra o Glória, teve fim. O documento que libera o jogador a ter contrato publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF atrasou e o novo prazo para poder jogar aponta para dia 2 diante da LDU. 

O primeiro objetivo era estrear diante do São Paulo-RS, na última quarta. Não foi possível. Agora seria diante do Glória, e novo infortúnio. Somente para o jogo contra LDU, pela Libertadores, é possível contar com o principal reforço para a temporada. 
 
As garantia bancárias, que emperraram o tramite burocrático no início já foram entregues, mas a transferência internacional ainda não foi concretizada para que o novo vínculo seja publicado no BID.
 
Menos mal que a Conmebol aceitou a solicitação gremista e inscreveu Bolaños na Libertadores antes da publicação do vínculo. Com isso, basta a regularização no Brasil para ele poder estrear diante da LDU, na próxima quarta, pela Libertadores, na Arena, quando completará quase um mês de sua chegada ao Brasil, ocorrida em 8 de fevereiro. 
 
Enquanto isso, Bolaños treina em duas funções diferentes  no time do Grêmio. Já jogou centralizado, no posto que atualmente é de Douglas. Ou aberto pela esquerda, onde atua Everton. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos