Fim de novela. Com janela fechando na China, Anderson fica no Internacional

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/ Internacional

    Anderson fica no Internacional após proposta do futebol chinês não se confirmar

    Anderson fica no Internacional após proposta do futebol chinês não se confirmar

A janela de registros para o futebol chinês se fecha para a temporada à meia-noite desta sexta-feira. E Anderson seguirá no Inter. A esperada proposta de R$ 40 milhões não chegou. Menos ainda os R$ 50 milhões que seria oferecida por um segundo interessado. A improbabilidade de uma nova proposta faz o Inter ter a certeza da permanência do meio-campista. 

O contrato vai até janeiro de 2019 e será mantido. Isso porque a única oferta que realmente foi apresentada ao Internacional foi de R$ 25 milhões, valor considerado baixo pelo presidente Vitório Píffero. 
 
De imediato, os chineses indicaram que subiriam o preço. Questionaram qual valor que o Inter aceitaria negociar. Disseram que o preço estipulado estava dentro do orçamento. Mas não se moveram além disso. Jamais a oferta oficial foi apresentada. 
 
Enquanto isso, um segundo clube, também da China, apareceu como interessado. O valor de R$ 40 milhões poderia bater nos R$ 50 milhões. Mas também não passou de expectativa. 
 
Uma oferta de última hora dificilmente teria tempo hábil de ser concretizada. Precisaria ser apresentada, aceita, documentos trocados e Anderson assinar com o clube da China em pouco mais de dois dias. E não há nem reunião marcada para isso. 
 
Depois de um começo irregular, Anderson se firmou como titular do Internacional e tem se destacado nos últimos jogos com gols, assistências e boas participações. 
 
"Estou feliz no Inter. O Inter me abriu as portas para voltar ao Brasil e estou feliz aqui", disse o jogador. 
 
Mas ele mesmo não garantia permanência anteriormente. Com salários de R$ 1,2 milhão por mês ofertados pelos asiáticos, Anderson já havia indicado que aceitaria trocar Porto Alegre pela China. Mas acabou não passando de uma conversa. 
 
Entre os salários mais altos do elenco vermelho, o jogador de 27 anos foi contratação da preferência do presidente do Inter. E custou apenas luvas aos cofres do clube, pois estava sem vínculo com clube algum. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos