Só Real e Barça? Espanhóis dominam Europa e viram "imbatíveis" no mata-mata

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

  • ODD ANDERSEN/AFP

    Atual bicampeão da Liga Europa, Sevilla é o maior "bicho-papão" de não-espanhóis

    Atual bicampeão da Liga Europa, Sevilla é o maior "bicho-papão" de não-espanhóis

"O Campeonato Espanhol é horrível. Tirando Real Madrid, Barcelona e ultimamente o Atlético de Madri, só tem time pereba". Você com certeza já escutou algo do tipo. Mas o que a realidade mostra é um quadro bem diferente.

Os clubes espanhóis têm dominado amplamente o futebol europeu em anos recentes, conquistando os quatro últimos títulos continentais (Liga dos Campeões e Liga Europa em 2014 e 2015) e acumulando um aproveitamento de 93% contra times de outros países em duelos de mata-mata nas últimas três temporadas – em 29 confrontos de ida e volta, só duas desclassificações.

E se você acha que Barça e Real, últimos vencedores da Champions, são os maiores responsáveis por isso, errou. Com oito classificações e nenhuma eliminação diante de não-espanhóis , o Sevilla, atual bicampeão da Liga Europa, vem sendo o maior "bicho-papão" em competições europeias.

Valencia, Athletic Bilbao, Villarreal e o próprio Sevilla avançaram às oitavas de final da Liga Europa na última quinta-feira e aumentaram ainda mais o domínio do país. Se Barcelona, Real e Atlético confirmarem o favoritismo e passarem para as quartas da Liga dos Campeões em março, o aproveitamento em mata-matas baterá em quase 94%.

Espanhóis contra outros países em mata-matas nos últimos 3 anos:
Sevilla:
8 classificações, nenhuma eliminação, 2 títulos (Liga Europa 2014 e 2015)
Barcelona: 4 classificações, nenhuma eliminação, 1 título (Champions 2015)
Valencia: 4 classificações, nenhuma eliminação
Real Madrid: 4 classificações, 1 eliminação, 1 título (Champions 2014)
Atlético de Madri: 3 classificações, nenhuma eliminação
Villarreal: 2 classificações, nenhuma eliminação
Betis: 1 classificação, nenhuma eliminação
Athletic Bilbao: 1 classificação, 1 eliminação
Total: 27 classificações, 2 eliminações, 4 títulos

É verdade que o Espanhol é um campeonato desnivelado – normalmente, Real Madrid e Barcelona fazem um duelo à parte pelo título, às vezes (como na atual temporada) acompanhados pelo Atlético. Mas o fato de não conseguir competir com potências mundiais não quer dizer que todos os outros times são fracos.

O estilo de jogo da maior parte dos times médios espanhóis, de muito toque de bola e paciência para atacar, costuma funcionar bem em eliminatórias europeias. Além disso, os clubes levam muito a sério a Liga Europa; já os ingleses, por exemplo, até têm elencos mais "estrelados", mas valorizam mais a Copa da Inglaterra que o título continental.

Se na Liga dos Campeões é pouco factível que clubes como Sevilla e Valencia cheguem às fases decisivas, essas equipes compensam fazendo bonito na Liga Europa – e, de quebra, mantendo o Espanhol como líder folgado do ranking de campeonatos da Uefa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos