Rodrigo Caio defende rodízios no SP: 'jogos muito desgastantes'

Do UOL, em São Paulo

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

    Rodrigo Caio foi poupado na derrota contra a Ponte e volta ao time na terça

    Rodrigo Caio foi poupado na derrota contra a Ponte e volta ao time na terça

O São Paulo manterá o rodízio de jogadores para a partida contra o Mogi Mirim, terça-feira, no Pacaembu. Titular absoluto, o zagueiro Rodrigo Caio aprova o sistema adotado pelo técnico Edgardo Bauza e argumenta que o clube tem sofrido desgaste em virtude da disputa no Campeonato Paulista e Libertadores.

"Acredito que o rodízio no começo de temporada tem de existir. Os jogos são muito desgastantes, os rivais do interior [que participam apenas do Estadual] se prepararam antes", disse o atleta, em entrevista coletiva.

O São Paulo disputou 10 partidas na temporada (incluindo Paulistão, Libertadores e amistoso), com cinco vitórias, dois empates e três derrotas.

Bauza promoverá contra o Mogi quatro mudanças em relação ao time que foi derrotado contra a Ponte Preta, 1 a 0, no fim de semana. A ideia é dar descanso aos atletas que apresentam maior nível de desgaste.

Saem Lugano, Wesley, Ganso e Michel Bastos e entram Rodrigo Caio, Carlinhos, Rogério e Centurión. Das trocas, apenas Michel Bastos é desfalque, já que sofreu um estiramento na coxa direita.

Rodrigo Caio falou sobre o momento do time:

"Tivemos duas vitórias muito boas com time consistente e infelizmente tivemos a derrota contra a Ponte. Mas acredito que o time vem numa crescente muito boa. O time está mais compacto, mais seguro. É claro que queremos vencer todos os jogos. Temos de melhorar individualmente e como equipe".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos