Jogador inglês é condenado por abuso contra torcedora de 15 anos

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Scott Heppell

    Adam Johnson, em ação pelo Sunderland em 2013 contra o Chelsea

    Adam Johnson, em ação pelo Sunderland em 2013 contra o Chelsea

O inglês Adam Johnson, jogador de futebol com passagem por clubes como Middlesbrough, Leeds United e Manchester City, foi declarado culpado da acusação de abuso contra uma adolescente de 15 anos. A informação foi divulgada nesta quarta-feira pela imprensa britânica.

Segundo autoridades do país, Johnson foi acusado de molestar a torcedora, em caso de 30 de janeiro de 2015. Na ocasião, segundo relatos, colocou as mãos dentro das roupas íntimas da adolescente e obrigou-a a fazer sexo oral.

A Justiça inglesa inocentou o ex-atleta da acusação relacionada à prática de sexo oral, bem como de práticas relacionadas a pedofilia. Entretanto, Adam Johnson foi condenado pelos toques na torcedora. Os tribunais ainda não definiram a pena, mas a imprensa cogita a possibilidade de 10 anos de encarceramento.

Em março de 2015, Adam Johnson – então jogador do Sunderland – foi detido por policiais do condado de Durham, sob suspeita de atividades sexuais com a torcedora em questão. Em abril, o jogador foi legalmente acusado de três crimes sexuais. Em junho, ele se declarou inocente.

Levado a julgamento inicialmente em setembro de 2015, Johnson voltou aos tribunais em fevereiro de 2016 na cidade de Bradford. Desta vez, o ex-meia-atacante admitiu ter beijado a torcedora e se declarou culpado da acusação de abuso de incapaz, o que provocou sua demissão junto ao Sunderland.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos