Prass diz que atletas, técnico e diretoria têm culpa pela fase do Palmeiras

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

    Goleiro Fernando Prass é um dos líderes do elenco do Palmeiras

    Goleiro Fernando Prass é um dos líderes do elenco do Palmeiras

O Palmeiras vive uma fase complicada na temporada depois de mais uma derrota dentro de casa no último domingo. Na véspera da segunda partida na Libertadores, Fernando Prass afirmou que a culpa pela situação é de todos no clube, do jogadores ao técnico, incluindo a diretoria.

"A gente sempre diz que não estamos bem tecnicamente. Não assumimos a culpa sozinho, todos têm parcela de culpa: o Marcelo, a diretoria, os jogadores. O grupo amadureceu muito. A cobrança interna mostra isso, tentando apontar os próprios defeitos. Isso a gente não está fazendo. Ninguém coloca a culpa no outro", disse o goleiro.
 
Prass também afirmou que o grupo já conhece os problemas que fazem o time não desempenhar um bom futebol. Segundo ele, a reação da equipe é a melhor resposta.
 
"O melhor auxílio é ter resultado e performance. Podemos dar algumas percepções para o Marcelo e ele também nos ajudar. Uma resposta dentro de campo é o melhor que a gente pode dar. Algumas coisas já detectamos, mas não podemos expor", ressaltou.
 
O time alviverde já perdeu dois jogos na temporada, em oito jogos oficiais (ambos no Allianz Parque e por 2 a 1: para Linense e Ferroviária). Além disso, a equipe venceu Botafogo-SP e XV de Piracicaba, fora de casa, e empatou quatro confrontos, sem triunfos como mandante.
 
O Palmeiras estreou na Libertadores diante do River Plate-URU e empatou por 2 a 2 fora de casa. Todos os times do Grupo 2 somam um ponto -- Rosario Central-ARG e Nacional-URU ficaram no 1 a 1 na semana passada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos