Santos culpa R. Oliveira e chineses por saída frustrada e vê atleta abalado

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/SantosFC

    Ricardo Oliveira não esconde abatimento no clube e recebe apoio dos jogadores

    Ricardo Oliveira não esconde abatimento no clube e recebe apoio dos jogadores

A proposta milionária do futebol chinês e desperdiçada pelo atacante Ricardo Oliveira não saiu da cabeça do jogador. O atleta está inconsolado no clube paulista. O UOL Esporte ainda apurou que o presidente Modesto Roma Junior e membros da diretoria culpam o camisa 9, seus representantes e os chineses pela negociação frustrada.

Para a cúpula santista, o estafe de Ricardo Oliveira demorou a apresentar uma proposta oficial. Segundo o clube brasileiro, a primeira oferta só ocorreu na tarde da útima quinta-feira, no mesmo dia em que o Santos venceu o Mogi Mirim, no Pacaembu.

A diretoria santista não vê o jogador como vítima neste episódio e, inclusive, enfatiza internamente que o Beijing Guoan, da China, foi infeliz ao negociar diretamente com o jogador, e inocente por acreditar que o atleta seria liberado sem custos.

Ricardo Oliveira entende de forma contrária. Para ele, o Santos não foi grato por sua postura em 2015, quando aceitou assinar uma espécie de contrato de risco de quatro meses, com salário de R$ 40 mil, para voltar ao clube.

Nos bastidores, o jogador lembrou a amigos que o argentino Ledesma, por exemplo, não precisou de um "período de testes", e foi contratado com salário de mais de R$ 200 mil mensais.

O estafe de Ricardo Oliveira alega que a primeira proposta de 4 milhões de euros (R$ 17 milhões) chegou na quarta-feira passada e que a oferta subiu para 6 milhões de euros (R$ 26 milhões) no dia seguinte. No entanto, o Santos fez uma contraproposta de pouco mais de 8 milhões de euros (R$ 35 milhões) poucas horas antes de fechar a janela de transferências do futebol chinês, na última sexta-feira.

Ricardo Oliveira está inconsolado e recebe apoio do elenco

Nesta semana, um dirigente santista precisou conversar com Ricardo Oliveira em particular. Ele percebeu o abatimento do jogador e tentou consolá-lo ao dizer que não concordou com a posição de Modesto Roma e companhia.

O dirigente, inclusive, chegou a dizer que agora terá que corrigir os erros de seus companheiros. Vale ressaltar que a decisão de não aceitar a proposta de Ricardo Oliveira e mantê-lo no clube não foi unanimidade na Vila Belmiro.

Os atletas estão compadecidos com a situação do jogador. Nesta terça-feira, o meia Lucas Lima mudou sua postura em entrevista coletiva. O atleta abandonou o estilo conhecido, mais comedido e de poucas opiniões, e não se intimidou em dizer que a diretoria santista deveria conceder um aumento salarial a Ricardo Oliveira e também aos jogadores que receberam oferta para deixar o clube, mas optaram por ficar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos