Vieira afirma: "É mais difícil ser treinador na MLS que na Europa"

Do UOL, em São Paulo

  • Alex Livesey/Getty Images

    Patrick Vieira afirmou ser mais difícil ser treinador na MLS do que na Europa

    Patrick Vieira afirmou ser mais difícil ser treinador na MLS do que na Europa

O francês Patrick Vieira segue em fase de preparação para sua primeira temporada como treinador do New York City FC, clube que disputa a MLS.

No entanto, ao contrário do que muitos imaginam, o ex-jogador afirmou que é mais difícil ser treinador na liga norte-americana de futebol do que nos grandes centros europeus por uma série de questões.

"É claro que é mais difícil ser treinador na MLS do que na Europa por conta das restrições salariais e dos registros de atletas. Você precisa balancear sua equipe, garantir que você tem os jogadores que precisa. Na Europa, se você quer um jogador, você vai lá e compra. Aqui, você não pode fazer isso a não ser que atenda determinados critérios. É realmente fascinante, pois tudo está ligado aos treinamentos", declarou o treinador, em entrevista ao site da MLS.

O jogador aproveitou para fazer outra comparação em relação às diferenças entre o futebol europeu e o norte-americano. De acordo com Vieira, o desenvolvimento dos atletas jovens nos Estados Unidos se dá exclusivamente nos colégios e universidades, enquanto na Europa os clubes possuem categorias de base para focar no desenvolvimento de novos talentos.

"Quando eu vejo os jogadores saindo do colégio com 22, 23 anos, isso é muito tarde. Nós precisamos encontrar uma forma de trabalhar em um sistema, tentando ver se conseguimos ser mais criativos. Existem fundamentos básicos que você precisa aprender ainda novo. Se você tiver que esperar até os 14, 15, 16 anos para aprender, será muito tarde", concluiu o francês.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos