Ex-jogador inglês vira técnico quatro anos após parada cardíaca em campo

Do UOL, em São Paulo

  • PAUL ELLIS/AFP

    Fabrice Muamba se aposentou em 2012, aos 24 anos. Agora, faz curso de treinador

    Fabrice Muamba se aposentou em 2012, aos 24 anos. Agora, faz curso de treinador

Em 17 de março de 2012, durante o jogo entre Bolton Wanderers e Tottenham pela Copa da Inglaterra, o meio-campista Fabrice Muamba sofreu uma parada cardíaca em pleno gramado. Socorrido às pressas, inclusive por um cardiologista que acompanhava a partida nas arquibancadas, o jogador foi levado ao hospital. Muamba chegou a ficar sem pulsação por 78 minutos.

O meio-campista passou quase um mês no hospital, recebendo alta em 16 de abril. Em agosto daquele ano, porém, o Bolton – então clube do atleta – anunciou sua aposentadoria. Muamba tinha 24 anos.

Desde então, o ex-meio-campista se aventurou em outras áreas. Trabalhou como comentarista da Copa Africana de Nações 2013 na TV inglesa, estou jornalismo na Universidade de Staffordshire e até se arriscou na música, cantando em uma campanha de arrecadação de fundos a crianças carentes.

Agora, Muamba ensaia um retorno ao futebol. Depois de realizar um trabalho nas categorias de base do Liverpool em 2015, o ex-jogador inicia uma carreira como técnico. Em entrevista ao jornal Daily Express, o inglês contou ter sido aprovado no curso Uefa B de treinadores.

"Quero apenas voltar e estar no futebol de novo", contou Muamba. "Começo meu curso de técnico Uefa A no verão (meio do ano a Inglaterra), e espero estar trabalhando em tempo integral com as categorias de base de um clube na próxima temporada", completou.

Embora tenha sido proibido pelos médicos de se exercitar, Fabrice Muamba chegou a participar de um jogo de despedida em 2015. Hoje, garante estar seguro quanto a sua condição cardíaca. "Tudo parece estar bem", explicou

O curso de qualificação de técnicos da Uefa exige 240 horas de aulas, incluindo ensino à distância e vídeoaulas. Passado este período, os candidatos passam por uma semana de estudos na Universidade de Warwick, na Inglaterra.

Entre os ingleses, o curso Uefa B custa 720 libras (mais de R$ 3,7 mil), enquanto o curso Uefa A custa 5.820 libras (mais de R$ 30 mil). A licença A é exigida para todos os técnicos que trabalham nas quatro primeiras divisões do Campeonato Inglês.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos