Cuca sempre viu Palmeiras como 1ª opção. Sonho do técnico facilita acordo

Bernardo Gentile e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Felipe Dana/AP Photo

    Cuca deve assumir o Palmeiras pela primeira vez na carreira

    Cuca deve assumir o Palmeiras pela primeira vez na carreira

Cuca deve acertar com o Palmeiras até a próxima segunda-feira e realizar o sonho de, enfim, comandar o time que defendeu como jogador no início a década de 1990. Desejado por alguns times brasileiros desde que deixou o futebol chinês, em dezembro, o treinador sempre viu o clube alviverde como primeira opção.

A escolha de Cuca ficou evidente, por exemplo, na negociação com o Fluminense. As tratativas entre os dois duraram cerca de sete dias, a partir da demissão do técnico Eduardo Baptista. Na última sexta-feira, dia 3, o clube carioca acertou com Levir Culpi.

De acordo com pessoas próximas à diretoria do Fluminense, Cuca desistiu de assumir o time tricolor para esperar o Palmeiras. Naquela semana, a equipe paulista perdeu por 2 a 1 para a Ferroviária, pressionando ainda mais o técnico Marcelo Oliveira, que ganhou fôlego a partir de uma vitória por 2 a 0 sobre o Rosario Central, na quinta, dia 2.

Esperar o Palmeiras por mais algumas semanas e rechaçar a proposta do Fluminense ainda seria vantajoso financeiramente. Se acertasse com o clube carioca no começo do mês, o treinador teria de abrir mão de R$ 5 milhões -- ele tem mais dois salários para receber do Shandong Luneng (o salário dele, com a alta do dólar, gira em torno de R$ 2,5 milhões).

Cuca também já falou sobre o desejo de assumir o Palmeiras um dia. Em janeiro de 2015, em entrevista concedida ao lado de Oswaldo de Oliveira na Academia de Futebol, o treinador disse que gostaria de comandar o time alviverde em breve.

"Lógico que em um futuro, se Deus quiser lá na frente, pretendo, sim, trabalhar aqui, mas isso depois de eu ter cumprido meus contratos, depois de alguns anos. Isso é natural, é a ambição de todo profissional", disse o treinador.

Palmeiras também trata Cuca com prioridade

O Palmeiras também considera Cuca como a única opção de contratação. O primeiro contato entre Alexandre Mattos, diretor de futebol do clube, e Eduardo Uram, empresário do técnico, ocorreu na tarde desta quinta-feira.

Cuca teria de aceitar uma redução drástica de salário para chegar a um acordo com o Palmeiras. O treinador pediu R$ 700 mil ao Fluminense, mesmo valor que recebia no Atlético-MG, em 2013, quando conquistou a Libertadores.

No Palmeiras, Marcelo Oliveira recebia cerca de R$ 350 mil. Dessa forma, ambos teriam de chegar a um acordo nesse sentido. Isso, porém, não deve um empecilho. De acordo com o Blog do PVC, a principal preocupação de Cuca não é o salário e, sim, o respeito do clube pelo treinador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos