Diego Costa é acusado de "conduta imprópria" e pode levar gancho de 3 jogos

Do UOL, em São Paulo

Diego Costa pode ter escapado de uma suspensão pelo lance em que ele aparentou morder o pescoço do volante Gareth Barry, do Everton, mas o atacante ainda não está livre do risco de levar um gancho. A Federação Inglesa (FA) denunciou o jogador do Chelsea nesta segunda-feira por "conduta imprópria".

As acusações da FA se baseiam em dois incidentes: o comportamento do atleta após ser expulso pelo árbitro Michael Oliver, quando se recusou a deixar o gramado imediatamente, e um suposto gesto ofensivo feito à torcida do Everton no momento de sua saída.

Diego tem até quinta-feira para responder às acusações. Caso a FA o considere culpado nas duas situações, ele ficará três jogos suspenso - a suspensão automática pelo cartão vermelho, mais uma partida para cada incidente.

O atacante já havia se livrado de um gancho mais pesado pela confusão com Barry depois que o próprio jogador do Everton usou as redes sociais para dizer que Diego não o mordeu.

Diego Costa foi expulso após levar o segundo cartão amarelo a poucos minutos do fim do jogo. O Chelsea perdeu para o Everton por 2 a 0 e foi eliminado da Copa da Inglaterra.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos