Ele foi ver o filho jogar e acabou morto por atentado terrorista na Turquia

Do UOL, em São Paulo

Umut Bulut, jogador do Galatasaray, perdeu o pai no último domingo em um atentado terrorista na cidade de Ancara. De acordo com a imprensa local, como o jornal Hürriyet, Kemal Bulut morreu com outras 36 pessoas.

De acordo com os veículos turcos, Kemal foi uma das vítimas de um carro que explodiu próximo a um ponto de ônibus no centro de Ancara.

Coincidentemente, Umut também estava na capital turca para o jogo entre Galatasaray e Gençlerbirligi. Kemal morreu no caminho de volta do estádio após acompanhar a partida de seu filho.

Umut, que já defendeu a seleção turca em mais de 30 partidas, só ficou sabendo da morte do pai quando chegou em Istanbul. Ele já voltou para Ancara nesta segunda-feira.

A notícia fez com que alguns atletas turcos se manifestassem nas redes sociais, caso de Arda Turan, do Barcelona. "Terroristas estão tentando desestabilizar a paz e fraternidade em meu país. Não é só meu problema, não é um problema de vocês, é um problema nossa. Hoje meu país sangra, amanhã pode ser o seu. Hoje é o momento para todos vocês estarem em total solidariedade com meu país. É hora para se unir contra todo tipo de terrorismo", escreveu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos