Kieza pede para não jogar clássico, irrita SP e é liberado para o Vitória

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Chiri/saopaulofc.net

O atacante Kieza, contratado pelo São Paulo na segunda semana de janeiro de 2016, não deverá mais jogar pelo clube. Depois de participar de apenas dois jogos, o jogador de 29 anos que custou 1 milhão de dólares (R$ 4 milhões) pediu não ficar concentrado com o elenco para o clássico contra o Palmeiras, no último domingo, irritou a diretoria e foi liberado para acertar com o Vitória. Ainda falta, porém, concretizar a negociação.

Segundo informado por membros da diretoria do São Paulo ao UOL Esporte, a reação de Kieza na última sexta-feira foi decisiva. Membros do clube afirmam que o jogador foi relacionado para o clássico pelo técnico Edgardo Bauza e, depois do anúncio da lista, comunicou à diretoria que não se sentia confortável e com cabeça para ficar na concentração. A diretoria, então, afirma ter liberado o jogador da concentração - nesta segunda-feira o atleta não viajou com o grupo para a Venezuela, para o jogo contra o Trujillanos, quarta-feira, pela Copa Libertadores. 
 
A postura de Kieza irritou muito a diretoria do São Paulo, que esperava que a contratação mais cara de 2016 soubesse esperar e brigar por posição com Alan Kardec e Calleri. A preocupação é grande porque o atacante argentino, titular, está emprestado apenas até o meio do ano. No segundo semestre, sem ele e Kieza, o único centroavante do elenco será Kardec.
 
Entre Kieza e o Vitória já há acordo. A negociação está por detalhes, segundo admite o São Paulo, que espera resolução para os próximos dias. Além de uma compensação financeira por parte do Vitória, envolve jogadores da base rubro-negra. O clube baiano deve ceder o meia Giovane e o atacante Juan Café ao São Paulo. Os jogadores serão contratados definitivamente, e não por empréstimo.
 
O São Paulo pagou apenas a primeira parcela de Kieza ao Shanghai Shenxhin, de cerca de 300 mil dólares (R$ 1,2 milhão), e afirma que o Vitória assumirá a dívida restante. Além dos jogadores, o São Paulo afirma que vai receber taxas bancárias e impostos da operação pela contratação de Kieza.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos