Palmeiras reverte freguesia para SP após sofrer com rival na última década

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras chegou à marca de quatro partidas sem derrota para o São Paulo ao vencer o rival por 2 a 0 no Pacaembu na manhã deste domingo. O resultado reforça a tendência de superioridade palmeirense na década atual, em um cenário oposto ao registrado entre os anos de 2001 e 2010, quando capengou muito.

Na década passada, o Palmeiras viu o arquirrival ter quase o dobro de vitórias no confronto --foram 15 derrotas palmeirenses, nove empates e oito vitórias em 32 partidas. Desde 2011, entretanto, o time alviverde reverteu a situação e agora está melhor no duelo, com cinco vitórias e seis empates em 14 jogos.

Em 2005 e 2006, por exemplo, o Palmeiras sofreu derrotas emblemáticas, com duas eliminações para o São Paulo na Libertadores, ambas nas oitavas de final. Exatos dez anos depois, os times podem se encontrar na fase de mata-mata da competição continental.

A última vitória do São Paulo ocorreu no dia 16 de novembro de 2014, em partida do Brasileirão. Na ocasião, o time tricolor bateu o Palmeiras por 2 a 0, gols de Luis Fabiano e Rafael Toloi. Em 2015, a equipe alviverde não perdeu para o rival: foram duas vitórias e um empate. Neste domingo, Dudu e Robinho marcaram os gols do triunfo.

"Fico muito feliz pela vitória e pelo gol. Faltava um gol contra o São Paulo. Fico feliz pela dedicação do time e pelo Alberto, um cara que nos ajuda sempre no dia a dia. Precisávamos muito da vitória no clássico para dar moral ao time', afirmou Dudu.

Palmeiras quebra tabu de 14 anos como visitante

Além de ampliar a vantagem contra o São Paulo na década de 2010, o Palmeiras ainda conseguiu colocar ponto final em jejum de 14 anos. Antes deste domingo, a última vitória palmeirense sobre o rival como visitante ocorreu no dia 20 de março de 2002, por 4 a 2, no Morumbi, pelo Rio-SP (o tabu sem vencer no estádio dos são-paulinos, entretanto, ainda persiste).

Desde então, o São Paulo venceu 12 clássicos com o Palmeiras, que conseguiu arrancar oito empates -- todos esses confrontos entre as equipes foram disputados no Morumbi

Para o goleiro Fernando Prass, o triunfo do Palmeiras sobre o São Paulo está ligado à organização do time em campo. Apesar de ter menos posse de bola (45%) e menos finalizações (15 contra nove), a equipe comandada pelo interino Alberto Valentim conseguiu matar o jogo com dois gols no segundo tempo.

"O importante é que estivemos organizados. Nós nos propusemos a fazer uma coisa e fizemos. Marcamos na intermediária do São Paulo e pressionamos quando eles entravam por um dos lados', disse Prass. 

Veja o desempenho dos times no clássico:

Década atual (desde 2011): 14 jogos 

Cinco vitórias do Palmeiras, seis empates e três vitórias do São Paulo
Aproveitamento palmeirense: 50%
Aproveitamento são-paulino: 35,7%
 
Década passada (2001 a 2010): 32 jogos
 
Oito vitórias do Palmeiras, nove empates e 15 vitórias do São Paulo
Aproveitamento palmeirense: 34,4%
Aproveitamento são-paulino: 56,2%

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos