Clubes se unem para pedir mudanças na logística da CBF

Danilo Lavieri e Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Avião da Gol que foi usado para transporte da seleção brasileira na Copa de 2014

    Avião da Gol que foi usado para transporte da seleção brasileira na Copa de 2014

Clubes de todas as divisões do futebol brasileiro estão insatisfeitos com as condições dadas pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para as viagens feitas pelos times para a disputa das competições nacionais.

Em reunião da Abex (Associação Brasileira de Executivos do Futebol) na última segunda-feira (14), na sede da FPF (Federação Paulista de Futebol), dirigentes discutiram medidas que serão encaminhadas para CBF na próxima sexta-feira (18), em reunião no Rio de Janeiro.

O principal problema tem sido com as opções de viagens dadas aos clubes. Segundo os dirigentes, a CBF nega os pedidos deles por voos em horários diferentes. A justificativa da entidade, ainda de acordo com os clubes, é que a Gol Linhas Aéreas diz não aos pedidos, forçando que as delegações façam a viagem fora do planejamento ideal. 

"Muitas vezes, achamos voos diferentes, em horários melhores e pedimos, mas somos informados pela CBF que esses voos não poderão ser usados por nós. Mas sempre conseguimos ver pelo sistema que haveria vagas. Seria muito melhor o jogador ficar na cidade, dormir e ter um descanso melhor do que voltar em plena madrugada", explicou o diretor executivo do Bahia, Nei Pandolfo.

"Às vezes, o jogo com transmissão da TV acaba por volta da 0h. Os jogadores vão chegar no hotel 1h e precisam acordar 4h, 5h para viajar. Isso quebra a recuperação deles e aumenta a chance de lesão. Perdem os jogadores, os times e a torcida, porque perde o espetáculo como um todo", completou. 

Ao UOL Esporte, a CBF informou que ela é a responsável pela emissão das passagens após uma conversa com os dirigentes dos clubes, mas admitiu que poderá fazer mudanças neste sistema caso identifique essa necessidade após a reclamação dos clubes. A Gol Linhas Aéreas, por sua vez, disse que não interfere na escolha das passagens e apenas repassa os bilhetes solicitados. 

MUDANÇA NA DIVULGAÇÃO DA TABELA TAMBÉM EM PAUTA

Pandolfo também leva em conta outras medidas que poderiam ser tomadas pela CBF que facilitarão a vida dos clubes, além da questão com a escolha do vôo.

Basicamente, elas atingiriam a forma com que a entidade divulga e prepara a tabela dos campeonatos.

"A tabela hoje é anunciada com pouca antecipação. A cada cinco rodadas a gente recebe a notícia de como vão ser os jogos. Além disso, os times podem jogar duas rodadas fora para já aproveitar a viagem, como atuar em Santa Catarina e em São Paulo e só depois voltar para casa. Não é só time da Série B e C que sofrem com isso. Na Série A, o Santa Cruz e Sport vão sofrer, o Inter e o Grêmio estão bem ao sul e também vão sofrer. Então seria algo para ajudar a todos", completou. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos