Grêmio contraria 'movimento' e acerta novo contrato com a Globo até 2024

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação e Arte UOL

    O Grêmio optou pela renovação com a Globo após negociar com Esporte Interativo

    O Grêmio optou pela renovação com a Globo após negociar com Esporte Interativo

Independente do movimento de clubes fechando direitos de transmissão com o Esporte Interativo (já são sete no total), o Grêmio tomou a decisão de renovar seu contrato com a Globo. O novo vínculo valerá de 2019 a 2024. Os documentos ainda não foram assinados, mas o clube decidiu-se pela proposta da emissora. 

"Negociamos longamente com a Globo, também com Esporte Interativo. Não queremos desmerecer qualquer proposta. A empresa faz a proposta que entender, o Grêmio aceita a que achar melhor. E entendemos que a proposta da Globo era a melhor para o clube", disse o presidente Romildo Bolzan Júnior ao UOL Esporte. 
 
Os contratos não precisam, necessariamente, passar por avaliação do Conselho Deliberativo. A decisão de venda de direitos de transmissão é da gestão do clube. Porém, o presidente gremista garante que irá deixar os documentos para apreciação de uma comissão dentro do Conselho. 
 
"Queremos ouvir ponderações, críticas, a palavra do Conselho. Os contratos serão analisados pela Comissão de Assuntos Legais. Mas a decisão está tomada", completou o mandatário. 
 
Como o Internacional assinou com o Esporte Interativo, os clássicos entre ambos não poderão ser transmitidos em canais fechados. Caso o Inter assine a transmissão de jogos em TV aberta com a Globo, poderá apenas nesta plataforma o Gre-Nal ter televisionamento. 
 
A reportagem do UOL Esporte apurou que os valores de luvas do contrato chegam a R$ 100 milhões. Destes R$ 70 milhões pagos à vista e outros R$ 30 milhões parcelados. Além disso, haverá bônus na venda de placas de publicidade que pode elevar a marca para até R$ 130 milhões. A direção gremista não confirma tais valores. 
 
O Grêmio, curiosamente, era um dos clubes que reclamava da divisão de cotas da emissora. Dizia-se prejudicado e pedia revisão. Mas optou pela melhor oferta. "A outra proposta não chegou ao que esperávamos", finalizou o presidente. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos