Poupado por Wenger, Sanchez cobra mais oportunidades no Arsenal

Do UOL, em São Paulo

  • Matthew Childs/Reuters

    Técnico teme por condição física de chileno, que garante estar em boa forma

    Técnico teme por condição física de chileno, que garante estar em boa forma

O chileno Alexis Sanchez não está satisfeito no Arsenal. O motivo: as poucas oportunidades oferecidas a ele pelo técnico Arsène Wenger na atual temporada.

Até aqui, o camisa 17 disputou apenas 19 jogos no Campeonato Inglês, marcando sete gols. Embora seja o sexto jogador da equipe com mais partidas na competição (apenas Petr Cech, Mesut Özil, Nacho Monreal, Aaron Ramsey e Olivier Giroud atuaram em pelo menos 20 partidas), Sanchez acredita que não precisa ser tão poupado pelo treinador.

"Eu sempre quero jogar, é verdade. Futebol é minha paixão, minha vida", afirmou, segundo declarações publicadas pelo jornal Daily Star. "Às vezes o técnico diz que eu deveria descansar, mas eu digo: não quero descansar", completou.

Wenger culpa a forma física do chileno – segundo o francês, sob elevado risco de lesões – pela opção. Mas Sanchez garante tomar cuidado com sua condição física. "Eu prefiro ir para casa e usar minha academia lá para manter minha forma", disse Sanchez, que foi além na crítica.

"Sempre quis ser um jogador de futebol. Nasci para jogar futebol e, se Deus permitir, poderei continuar fazendo isso. Desde que eu era criança, sempre me chateei quando não vencia. Esse sentimento me fez treinar mais, para que no dia seguinte (a uma derrota), pudéssemos vencer de novo", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos