Donos do Manchester City estudam criar time na China, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

  • PAUL ELLIS / AFP

O City Football Group, empresa que é dona do Manchester City, pretende expandir suas atividades para o futebol chinês. De acordo com o britânico The Independent, a companhia tem dado instruções a dirigentes chineses de como administrar clubes de uma forma mais eficiente e, como próximo passo, pretende abrir seu próprio time no país asiático.

A publicação aponta Xangai como a cidade a receber a nova equipe, que receberia o nome de Shangai City – seguindo o padrão de nomes da empresa, dona do New York City FC da MLS, Melbourne City na Austrália, além do time de Manchester.

Em dezembro de 2015, o City Football Group recebeu um investimento de 265 milhões de libras de um consórcio chinês, fato que aumentou a ligação da empresa com o país.

O grupo também tem interesse em adquirir franquias na América do Sul, mas o mercado milionário chinês é prioridade e atrai mais atenção, visto que, na última janela de transferências europeia, jogadores como Ramires, Lavezzi e Jackson Martinez deixaram o continente rumo à rica liga chinesa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos