Em 5º jogo nas Eliminatórias, Dunga tem meia de criação como maior problema

Danilo Lavieri

Do UOL, em Teresópolis (RJ)

Quatro jogos de Eliminatórias, uma Copa América e 12 amistosos depois, o problema de ter um meia de criação, principal responsável por armar as jogadas da equipe, permanece a principal dor de cabeça de Dunga à frente da seleção brasileira.

Perto de encarar o Uruguai na próxima sexta-feira (25), pela 5ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, a provável escalação titular do Brasil tem justamente nesta posição a principal dúvida, com diferentes concorrentes: Oscar, Lucas Lima, Renato Augusto e Philippe Coutinho.

Os dois favoritos são Renato Augusto e Lucas Lima. O ex-corintiano precisa mostrar a Dunga que não se afetou com a falta de ritmo de jogo por ter disputado apenas uma partida neste ano com sua equipe, o Beijing Guoan. O próprio atleta admitiu que possa sentir esse problema. No último jogo, contra o Peru, ele foi titular por 90 minutos com direito a um gol. Antes, diante da Argentina, já havia jogado por 27 minutos.

O santista, por sua vez, seguiu caminho exatamente inverso. Recusou uma proposta milionária da China pensando na seleção brasileira e aguarda a sua chance. Contra a Argentina, atuou por 63 minutos, fez um gol e tem mantido seu ritmo jogando com frequência como titular do Santos. Já são dez partidas na temporada.

Oscar corre por fora. Em baixa com Dunga, ele atuou contra o Chile por 90 minutos, mas já foi substituído contra a Venezuela com a bola rolando justamente por Lucas Lima. Depois disso, ficou no banco diante da Argentina e jogou apenas por seis minutos contra o Peru. Nos estádios brasileiros, passou a ser sempre vaiado e virou um dos símbolos da "geração do 7 a 1".

Philippe Coutinho, por sua vez, dificilmente iniciará a partida como titular. Depois de ser cortado das duas primeiras partidas, ele ficou de fora da lista da 3ª e 4ª rodada, ganhando nova chance somente após voltar a brilhar com a camisa do Liverpool.

OUTRAS MUDANÇAS

Renato Augusto ainda tem a possibilidade de entrar como volante, no lugar do machucado Elias. O jogador afirmou que está acostumado a isso e já treinou com Dunga na função. Sendo assim, ele deixaria Fernandinho esperando um pouco mais por sua chance. Luiz Gustavo é titular absoluto na função de primeiro volante.

David Luiz também deve recuperar a posição de titular no lugar de Gil. O atleta do Paris Saint-Germain estava suspenso contra o Peru e deve fazer a dupla com Miranda.

Há, ainda, uma chance de Dunga escalar a equipe com um camisa 9, como aconteceu diante da Venezuela. Neste caso, Ricardo Oliveira e Jonas, que vive sua melhor fase na carreira e é o atual chuteira de ouro da Europa (artilheiro do continente), são candidatos. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos