Argel minimiza eliminação e jejum do Inter: "Depende do ponto de vista"

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Divulgação SC Inter

    Argel Fucks observa treino do Internacional

    Argel Fucks observa treino do Internacional

Argel Fucks elogiou a atuação do Internacional diante do Fluminense, que terminou com derrota nos pênaltis (3 a 2), e ainda jogou com os números. Segundo o treinador, a série atual do Colorado depende do ponto de vista. E a pressão pela demissão, que ganhou corpo nos últimos dias, não assusta.

"Se a gente vem de quatro empates, estamos a quatro jogos sem ganhar, mas sem perder também. Depende do ponto de vista. Se vencer sábado, vamos para cinco jogos sem perder. Futebol muda rápido a forma de pensar", disse o treinador.

A série de empates envolve os jogos com Grêmio, São Paulo-RS, Lajeadense e agora Flu. Se a análise for ampliada, nas últimas seis partidas o Inter só conseguiu uma vitória: diante do Juventude, em Caxias do Sul.

"Alternamos bons e maus momentos. Foi muito equilibrado. Não começamos bem, mas fizemos um gol e crescemos. Depois eles cresceram. Eles fizeram 2 a 1 e na sequência melhoramos. Foi um jogo de bom futebol alternando de lado. Pênalti é loteria, é o momento, poderíamos ter passado e eles não", opinou Argel.

Mesmo com a pressão, até mesmo interna, o Internacional garantiu que Argel Fucks segue no cargo. A cobrança por uma demissão foi minimizada pelo treinador.

"Eu estou no futebol há 25 anos, sou treinador há oito anos. Treinador está pressionado sempre. E desde o dia que cheguei tem sido assim. Pressionado é normal, não vai tirar o meu sono. Pelo contrário. Não vai mudar nossa diretriz de trabalho", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos