'Farei rodízio o ano inteiro', diz Muricy após eliminação e críticas no Fla

Do UOL, no Rio de Janeiro

A eliminação do Flamengo para o Atlético-PR na Primeira Liga terminou com um questionamento dos torcedores. Por que o técnico Muricy Ramalho poupou os titulares na competição que era a prioridade no início de 2016? Após a derrota por 1 a 0 na semifinal, o comandante respondeu e deixou claro que esta será a tônica do trabalho na temporada.

O Rubro-negro não contou com Cuéllar e Guerrero, servindo às respectivas seleções, e também poupou Rodinei, Ederson, Marcelo Cirino e Emerson Sheik. Os três últimos entraram apenas no segundo tempo.

"Farei rodízio o ano inteiro. Temos que seguir o que é correto. Não adianta expor um time que não tem capacidade física para aguentar. Precisamos respeitar o atleta e parar. Também vou poupar alguns no sábado [jogo contra o Volta Redonda pela Taça Guanabara]. Isso aqui é coisa séria e pensamos nos jogadores", afirmou.

A eliminação na Primeira Liga dá ao menos uma semana de descanso ao elenco no início de abril. O revés foi tratado com naturalidade e o torneio bem avaliado pelo treinador.

"É claro que os jogadores estão saturados. É uma competição importante e enfrentamos times fortes. Foi bom para não se enganar e ótimo para sentir o time", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos