Neymar diz que não há comparação entre trio do Barcelona e da seleção

Danilo Lavieri

Do UOL, em Recife (PE)

  • AFP PHOTO /JOE KLAMAR

    Willian tenta avançar em cima de Neymar no treinamento da seleção brasileira

    Willian tenta avançar em cima de Neymar no treinamento da seleção brasileira

Para Neymar, não há comparação entre os trios de ataque do Barcelona, formado por ele ao lado de Lionel Messi e Luis Suárez, e da seleção brasileira, onde ele tem a companhia de Willian e Douglas Costa.

O jogador afirmou que os dois atuam de forma muito distintas, mas mostrou confiança em seus companheiros de amarelinha para enfrentar o Uruguai nesta sexta-feira (25), na Arena Pernambuco, pela 5ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia, de 2018. 

"Não dá para comparar porque são esquemas diferentes, são jogadores diferentes. E jogar com Douglas e Willian é uma grande honra, eu sempre falo isso. São dois grandes craques, jogadores que podem fazer a diferença. São rápidos e sei que vão dar conta do recado (contra o Uruguai)", afirmou o jogador em entrevista coletiva na véspera da partida.

Nesta sexta-feira, inclusive, Neymar enfrentará Suárez pela segunda vez na carreira. Hoje companheiro de Barcelona, os dois não escondem que têm uma grande amizade fora de campo. A ponto de o brasileiro procurar uma casa na mesma região do uruguaio, para que o relacionamento fique ainda mais próximo.

Na entrevista, o camisa 10 brasileiro brincou com o fato de não poder fazer o aquecimento ao lado de Neymar. Eles sempre protagonizam brincadeiras no pré-jogo do Barcelona, para o delírio dos torcedores. Nos treinos, o uruguaio é chamado por ele de El Gordo.

"A gente estava se falando por mensagem esse dias. Que a gente ia sentir falta um do outro no aquecimento, que a gente sempre aquece junto, brincando. A nossa amizade... Bem a gente formou uma grande amizade. Não só com ele, mas eu, Suárez e Messi. Além de dar certo dentro de campo, que é o mais importante", completou.

Assim como Suárez é o principal jogador da Celeste, Neymar também não foge da responsabilidade de ser o principal jogador da equipe pentacampeã.

"Vocês me perguntam isso (responsabilidade de ser o melhor do time) há alguns uns anos. Mas não é um peso. Toda equipe tem sua referência, tem jogador que se destaca mais. Mas preciso jogar bola, ser líder e ir bem. Não adianta ficar só em palavras", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos