CT do Palmeiras tem segurança reforçada e protesto pacífico de torcida

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

Um dia depois da derrota por 4 a 1 para o Água Santa, a quarta seguida sob o comando de Cuca, o Palmeiras tem um protesto pacífico de torcedores e segurança reforçada na porta de seu centro de treinamento, na Barra Funda, zona oeste de São Paulo.

Com a presença de duas viaturas da Polícia Militar na entrada do CT, cerca de 20 torcedores recebem os atletas que chegam com aplausos irônicos. Algumas das frases ditas aos jogadores foram "honrem a camisa", "vamos jogar bola" e "ganham muito para não fazerem nada".

Na noite do último domingo, após a derrota em Presidente Prudente, uma pedra foi atirada por um torcedor em direção à entrada do CT. O ônibus da delegação alviverde também foi apedrejado durante o trajeto de volta para São Paulo.

A goleada sofrida para o Água Santa deixou o Palmeiras na lanterna de seu grupo no Campeonato Paulista, apenas três pontos acima da zona do rebaixamento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos