"Não quero ir só para dar experiência", diz Kaká sobre Copa América

Do UOL, em São Paulo

Em entrevista à rádio espanhola "Cadena Cope", o meia Kaká afirmou que não quer fazer parte do grupo da seleção brasileira só para contribuir com sua experiência. Aos 33 anos, ele diz que quer brigar por espaço no time e mostrar sua qualidade em campo.

"Nos últimos dois jogos em que estive [com a seleção], fiquei no banco e não joguei. A próxima convocação já é para a Copa América em maio, vamos ver se o Dunga conta comigo. Não quero ir para a seleção só para dar experiência, quero dar também qualidade no campo. Respeitando sempre as decisões do treinador, mas buscando uma vaga no time para jogar", afirmou.

Segundo o meio-campista, a comissão técnica do Brasil transmitiu confiança a ele antes da lesão que o tirou da convocação para os jogos contra Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias - ambos terminaram com empates por 2 a 2.

"Falei com eles antes da lesão, e me disseram que contavam comigo, que eu tivesse cuidado na recuperação porque teremos a Copa América Centenário. Não sei quem será convocado, mas eu gostaria muito de jogar porque será aqui nos Estados Unidos", disse o atleta do Orlando City.

Kaká também falou sobre os planos de ajudar na tarefa de levar estrelas do futebol mundial à liga norte-americana. Ele revelou que tenta convencer o goleiro Casillas a jogar na MLS e brincou sobre a possibilidade de levar também Messi, Neymar e Cristiano Ronaldo. "Tem uma vaga aqui", riu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos