Cotado em 100 mi de euros, Milan vendeu Aubameyang por 1% deste valor

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / ODD ANDERSEN

    Aubameyang foi vendido pelo Milan por apenas 1 milhão de euros

    Aubameyang foi vendido pelo Milan por apenas 1 milhão de euros

Após o Borussia Dortmund emitir um comunicado oficial dizendo que só irá negociar o atacante Pierre-Emerick Aubameyang por 100 milhões de euros (R$ 405 milhões), prevenindo-se do interesse de grandes clubes do futebol mundial, como o Real Madrid, um clube em especial tem motivos para lamentar a notícia: o Milan.

Tudo porque o atacante pertenceu ao clube de 2007 até 2011, mas foi pouco aproveitado e acabou passando a maior parte do período emprestado para clubes franceses como Monaco, Lille, Dijon e Saint-Étienne, para onde se transferiu por apenas 1 milhão de euros (aproximadamente R$ 4 milhões), exato 1% do valor de mercado que o atleta possui atualmente.

Segundo o representante do atleta, Oscar Damiani, os dirigentes do Milan falharam ao não conseguirem identificar o potencial que Aubameyang tinha e acabaram perdendo a chance de ter um atacante de nível mundial.

"Ele saiu do Milan com apenas 18 anos, e durante cinco anos trocou de times. O Milan acabou perdendo ele no radar e deixou de segui-lo, permitindo que o Saint-Etienne viesse e o contratasse por 1 milhão de euros", explicou Damiani.

Após disputar duas temporadas como atleta do clube francês, Aubameyang acabou adquirido pelo Borussia Dortmund para superar a ausência de Lewandowski, que havia sido negociado com o Bayern de Munique. A negociação custou 13 milhões de euros aos alemães (R$ 52,7 milhões). 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos