Paulinho revela bronca de Dorival e quer técnico 'fora' da seleção olímpica

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Santos FC

    Paulinho vê Dorival capacitado para assumir cargo, mas o prefere trabalhando no Santos

    Paulinho vê Dorival capacitado para assumir cargo, mas o prefere trabalhando no Santos

O atacante Paulinho revelou que ele e o camaronês Joel tomaram uma bronca do técnico Dorival Júnior no intervalo do jogo contra a Ferroviária, na última quinta-feira, na Vila Belmiro. A dura foi para corrigir alguns pontos táticos, principalmente de movimentação e posicionamento. O atleta viu resultado, pois o Santos virou o placar para 4 a 1, e ele marcou dois gols.

"Falta pouquinho. Acho que já estou bem adaptado. Agora falta um pouco de ritmo mesmo. Ontem, pelo primeiro tempo, eu não fui bem, tenho consciência disso. Esse puxão de orelha que o Dorival deu em mim e no Joel, ele foi bem feliz, mostrou os pontos em que a gente precisava se movimentar bastante. Eu e o Joel acordamos para o segundo tempo, fizemos algumas jogadas ali que resultaram em gols", afirmou Paulinho.

O atacante também falou sobre as especulações de que o técnico Dorival Júnior pode assumir a seleção olímpica. Paulinho considera o treinador capacitado para a função, mas prefere que Dorival continue seu trabalho no Santos.

"Quem pode dizer isso melhor é o Dorival. Ele vai saber o momento, se ele vai ou não. Se vai ser bom para ele ir à seleção, se vai ser bom pra ele ficar no Santos. Em minha opinião, seria bom ele ficar, porque é um cara que eu admiro muito. Mas e ele for, que ele tenha uma boa sorte", disse.

"Para a gente aqui foi uma surpresa (especulações sobre Dorival na seleção). Eu não costumo ver redes sociais. Mas, se o Dorival for escolhido, a gente sabe a capacidade que ele tem, excelente treinador e não só como treinador, excelente pessoa, uma pessoa do bem, esforçado para ajudar a todos. Quem sabe? Se ele for para a seleção, que ele tenha um excelente trabalho lá, assim como pelos clubes que ele passou. A gente sabe o caráter que ele é, trabalha bem com os jogadores de base. Então, se ele for, boa sorte para ele", completou.

Dorival ficou "sem jeito" ao responder a pergunta sobre seleção olímpica e preferiu elogiar o atual treinador, Rogério Micalli, ao ser questionado sobre o assunto após a goleada do Santos por 4 a 1 diante da Ferroviária. 

"Surpresa (ao ser informado que é o favorito da CBF para assumir o cargo). Não tenho nem ideia disso, a seleção está nas mãos de um grande profissional, que eu respeito e não posso nem falar de opções. Até me perdi (para responder), eu não sabia", comentou Dorival.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos