Diretor de futebol do Inter morre após sofrer infarto

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/SC Internacional Divulgação

    Celso Chamun (direita) estava internado em hospital após complicações em cirurgia

    Celso Chamun (direita) estava internado em hospital após complicações em cirurgia

Morreu, na madrugada deste domingo (3), um dos diretores de futebol do Internacional. Celso Chamun, 72 anos, estava afastado do cargo por problemas de saúde e faleceu após sofrer infarto. O clube gaúcho anunciou adiamento de sua festa de 107 anos em virtude dos atos fúnebres e luto oficial no Beira-Rio.

Chamun voltou ao Inter no final de 2014, compondo a chapa de Vitorio Piffero – vencedor na eleição disputada com Marcelo Medeiros. Ele já havia participado de outras gestões, atuando em diversas áreas do clube.

Neste ano, Celso Chamun se afastou da função de diretor por problemas de saúde. Internado após apresentar complicações em um procedimento no coração, o dirigente será velado no salão nobre do conselho deliberativo neste domingo.

Com o falecimento, o departamento de futebol do Internacional fica com apenas dois integrantes: Marcos Marino, que dividia com Chamun o cargo de diretor de futebol, e Carlos Pellegrini – vice presidente da pasta.

O banquete de aniversário do Inter, programado para esta segunda-feira (4) no centro de eventos do clube, foi adiado. Os organizadores ainda não informaram a nova data.

Este é o segundo caso de infarto e falecimento no Internacional nos últimos meses. Em 25 de janeiro do ano passado, Luiz Fernando Costa, 53 anos, morreu após dois problemas no coração em um intervalo de uma semana.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos