Egídio prevê 'jogo do ano' na Libertadores e diz que clássico é exemplo

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras passou a viver dias mais tranquilos após duas vitórias seguidas na temporada. Depois de bater o Corinthians por 1 a 0, a equipe já terá um jogo de vida ou morte pela frente, na Libertadores, diante do Rosario Central, na Argentina.

A equipe do técnico Cuca precisa arrancar pelo menos um empate para não ser eliminada da competição continental. Nesse cenário, o lateral esquerdo Egídio afirmou que o clássico deste domingo virou um exemplo para o elenco.

"Mostramos muita força, superioridade em campo. Nosso exemplo é esse. Os caras se preservaram, nós jogamos. Independentemente de quem o Cuca escalar, o time vai dar seu melhor. Nosso departamento é muito bom em questão de recuperação", disse.

Egídio ainda classificou o confronto na Argentina como o jogo do ano para o Palmeiras. Para ele, o resultado negativo contra o Rosario nem passa pela cabeça. 

"É o jogo do ano, é uma final para gente. Não estou nem pensando em resultado negativo, Estou confiante no time que se mostrou forte no clássico e quebrou o tabu de 21 anos. É essa força que temos de levar para dentro do campo", ressaltou o lateral.

 

 

 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos