Citado no "Panamá Papers", Seedorf será investigado pela Holanda

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Martins/Agif

    Negócios do ex-jogador fora do mundo do futebol serão fiscalizados

    Negócios do ex-jogador fora do mundo do futebol serão fiscalizados

Citado nos "Panama Papers", o ex-jogador Clarence Seedorf será investigado pela administração tributária e aduana da Holanda por uma suposta fraude fiscal, informou o governo do país nesta terça-feira (5), de acordo com o jornal espanhol Sport.

O que liga o ex-atleta do Botafogo é uma empresa de joias italiana que patrocinou sua equipe de motociclismo com 600 mil euros. O contrato foi vendido várias vezes por meio de uma empresa nas Ilhas Virgens, alcançando o valor final de 3 milhões de euros.

"A Holanda é, depois de tudo, uma forte defensora da luta contra a evasão e fraude fiscal. As revelações recentes serão tidas em conta a medida que a investigação continue", comunicou o governo holandês.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos