Liga Espanhola denuncia Barcelona por gritos homofóbicos contra CR7

Do UOL, em São Paulo

  • Jese Reuters / Juan Medina

    Cristiano Ronaldo fez o gol da vitória por 2 a 1

    Cristiano Ronaldo fez o gol da vitória por 2 a 1

A Liga de Futebol Profissional (LFP), responsável por organizar o Campeonato Espanhol, denunciou o Barcelona ao Comitê de Competições e Antiviolência. Oss gritos homofóbicos ouvidos por Cristiano Ronaldo no clássico são o motivo da ação.

Durante o um minuto de silêncio em homenagem a Johan Cruyff, alguns torcedores foram ouvidos gritando "Cristiano Ronaldo gay" no estádio de Barcelona. Ofensas ao Real Madrid também foram registrados na denúncia.

A nota da Liga ainda ressalta que alguns torcedores repreenderam os companheiros, pois o momento era de homenagem a Cruyff. Eles também elogiaram o comportamento da maioria dos torcedores.

A denúncia já havia sido feita anteriormente por uma entidade espanhola contra a homofobia. Eles haviam cobrado atitude da LFP.

Recentemente, a Liga já havia se manifestado contra o Espanyol que havia ofendido Messi e Piqué no clássico da Catalunha. Enquanto o zagueiro foi chamado de gay, o argentino foi chamado de autista.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos