Mascherano vê Messi tranquilo após citação em escândalo dos "Panama Papers"

Do UOL, em São Paulo

  • PAU BARRENA/AFP

    Família de Messi negou irregularidades após jogador aparecer nos "Panama Papers"

    Família de Messi negou irregularidades após jogador aparecer nos "Panama Papers"

Um dos vários nomes citados nos chamados "Panama Papers", como ficaram conhecidos documentos vazados a respeito de uma megainvestigação sobre sonegação de impostos em paraísos fiscais, foi o de Lionel Messi. Mas o astro do Barcelona está "tranquilo" quanto a isso, segundo seu companheiro Javier Mascherano.

"Leo está muito tranquilo, dentro do possível", disse Mascherano, segundo o jornal "Mundo Deportivo". "Todos nós conhecemos e acreditamos na honestidade de Leo. Lamentavelmente são coisas que acontecem, também passei por momentos assim. Para isso existem os amigos e a família, para apoiar em momentos complicados".

Por meio de uma nota oficial, a família de Messi negou qualquer irregularidade fiscal e disse que nunca fez negócios por meio da sociedade panamenha Mega Star Enterprises. Segundo os documentos vazados, essa empresa seria de propriedade de Messi e seu pai em 2013.

Messi e seu pai Jorge também enfrentam um processo na Espanha por sonegação de impostos. Neste caso, apenas Jorge Messi é acusado, e o julgamento deve acontecer em junho deste ano.

Mascherano, por sua vez, também já se envolveu em problemas relacionados à evasão fiscal. No ano passado, ele admitiu ter sonegado impostos na Espanha e devolveu 1,5 milhão de euros, além de ter sido condenado a um ano de prisão - a pena deve ser convertida em nova multa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos