Ex-empresário ataca Suárez: "psicólogo não está dando efeito"

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / CHRISTOPHE SIMON

    Uruguaio tem histórico com problemas de temperamento

    Uruguaio tem histórico com problemas de temperamento

"Para somar precisa dos dedos." Essa foi uma das frases mais leves que Daniel Fonseca, ex-empresário do atacante Luis Suárez, declarou em uma entrevista concedida a uma rádio uruguaia nesta quinta-feira (7). Após o jogador do Barcelona dizer que o agente lhe devia dinheiro da transferência do Nacional-URU para o Gronigen, Fonseca não aliviou ao se defender da afirmação do atleta.

"Está mentindo, porque é um jovem que não demonstra que tem problemas psíquicos. Por isso segue no psicólogo, mas acho que não está dando efeito. Terá que mudar de psicólogo ou ir a um psiquiatra", atacou Fonseca.

O agente contou que ajudou a família de Suárez e que o jogador que lhe devia dinheiro, não o contrário. A primeira parte é verdade, tanto é que o atacante declarou, à Montecarlo TV, que Fonseca lhe emprestou dinheiro para que visitasse sua namorada, hoje esposa, na Espanha, quando tinha apenas 15 anos.

Apesar da troca de farpas pública, o motivo do rompimento da dupla não foi dinheiro. Fonseca falou sobre o assunto, mas não revelou o que ocorreu de fato.

"Tive que dizer uma coisa muito incômoda a esse jovem, mas até o dia que eu morrer não vou dizer qual foi. Lhe disse uma verdade incômoda, ele não a aceitou, não lhe caiu bem. Prefiro ter amigos que me digam a verdade e não falsos",  contou. "Que diga a verdade o covarde e não queira me sujar dizendo que eu lhe devo 200 mil dólares, sem-vergonha."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos