FPF diz que torcida única não é solução para violência e apela ao MP

Do UOL, em São Paulo

  • Eduardo Anizelli/Folhapress

A FPF (Federação Paulista de Futebol) divulgou nesta sexta-feira (8) um comunicado oficial pedindo a revogação da medida de torcida única nos clássicos no Estado de São Paulo.

Em carta no seu site oficial, a entidade disse que a medida não resolverá o problema de violência e disse que apelará ao Ministério Público para que a decisão seja revista.

Confira a nota oficial:

A Federação Paulista de Futebol lamenta a proibição de torcedores visitantes em nossos clássicos.

Embora entenda que a medida tenha a intenção de coibir ações violentas, a FPF não enxerga nesta decisão a solução para os recorrentes encontros violentos entre torcedores, que geralmente são registrados em locais distantes dos estádios.

Entendemos que a punição generalizada prejudicaria os torcedores como um todo e, por consequência, traz prejuízo ao fomento do futebol.

A FPF prega maior rigor na aplicação da legislação vigente para pôr fim à impunidade que ronda os casos de violência no futebol. Também defende a venda on-line e catraca exclusivas para o setor de torcidas organizadas.

Reforçamos ainda a necessidade de aumentar o diálogo com o poder público, clubes e sociedade civil para elaborarmos soluções exemplares e definitivas para este problema social.

Diante desse entendimento, a FPF informa que enviou pedido ao Ministério Público do Estado de São Paulo para que a proposta de "torcida única" nos clássicos seja revista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos