Promessa do Palmeiras renova contrato com o clube até final de 2018

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Site oficial do Palmeiras

    Daniel Fuzato renovou contrato com o Palmeiras até o final de 2018

    Daniel Fuzato renovou contrato com o Palmeiras até o final de 2018

O jovem goleiro Daniel Fuzato, do sub-20 do Palmeiras, tem mais um motivo para comemorar. Após ser convocado para a seleção brasileira da categoria para um período de treinos na Granja Comary, o atleta teve seu contrato renovado até dezembro de 2018 com o clube alviverde.

O atleta, que foi um dos destaques da campanha do clube na Copa São Paulo deste ano, já está fazendo intercâmbios entre a categoria de base e a equipe profissional. O trabalho, que faz parte de uma das filosofias pregadas pelo novo coordenador da base, João Paulo Sampaio, visa facilitar a adaptação dos jovens talentos da categoria de base ao elenco principal. Com isso, o atleta faz os treinos ao lado dos goleiros da equipe principal, mas volta para disputar as partidas pelo elenco sub-20.

"Fico muito feliz de renovar com o Palmeiras. Estou no clube desde os 12 anos, era meu objetivo continuar vestindo essa camisa. Espero permanecer por muitos anos ainda, me sinto feliz aqui. É o lugar que me deu todas as oportunidades no futebol, um clube gigante, com uma torcida fanática. Tenho orgulho de fazer parte de tudo isso e da tradicional escola de goleiros do Palmeiras", declarou Daniel Fuzato, em entrevista ao site do clube.

Nesta temporada, os atletas oriundos da base do clube estão ganhando mais espaço. Gabriel Jesus já se firmou entre os titulares, Matheus Salles briga por vaga com os experientes Gabriel e Arouca e Thiago Martins, aos poucos, vai desbancando Edu Dracena na concorrência por uma posição na defesa. O técnico Cuca, inclusive, ressaltou o fato de ter três atletas entre os titulares contra o Rosario Central, pela Libertadores da América.

"Tínhamos no jogo lá Thiago Martins, Matheus Sales e Gabriel Jesus, que são meninos da base, jogando uma Libertadores pesada. O Gabriel se excedeu na parte comportamental. Conversei com ele hoje. Se você olha um time europeu numa Liga dos Campeões, o jogador não vai fazer aquilo. Ele estava como herói e passou a vilão. Ainda bem que empatamos. Ele tem 19 anos", avaliou Cuca. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos