Grêmio planeja ter Bolaños para finais sem 'receio' de divididas

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • (AP Photo/Nabor Goulart

    Bolaños é esperado para decisões de Gauchão e Libertadores pelo Grêmio

    Bolaños é esperado para decisões de Gauchão e Libertadores pelo Grêmio

Bolaños voltou a treinar. Na última sexta-feira, o equatoriano que fraturou a mandíbula em dois lugares retomou atividades de campo junto ao 'grupo de transição' do Grêmio. O retorno aos trabalhos normais deve ocorrer dia 20 e até as finais e eliminatórias da Libertadores, a ideia é que ele tenha perdido totalmente o receio de choques. 

Bolaños ainda não dividiu nenhuma bola com adversários. Sua atividade com bola se limitou a toques laterais e chutes. Um avanço evidente para quem fraturou o rosto, precisou passar por cirurgia para colocação de pinos e placas e desde 6 de março tem dieta especial e faz poucas atividades. 
 
A previsão é que Miller faça uma nova pré-temporada, recupere os aproximadamente 10% de musculatura perdidos e consiga ritmo de jogo através dos treinamentos. Gradativamente será integrado a atividades sem limitação e testado até voltar aos compromissos oficiais. 
 
Não há chance real de sua participação no duelo diante do Toluca, pela Libertadores. A ideia é conseguir estar presente nas oitavas de final da competição - caso o Grêmio passe - ou até a final do Campeonato Gaúcho - também se o Tricolor estiver lá. 
 
Bolaños foi a contratação mais cara de um jogador estrangeiro nessa janela de transferências. O Grêmio pagou, com auxílio de um investidor, R$ 19,4 milhões por 70% de seus direitos. Até agora ele tem duas partidas pelo clube e marcou um gol. Seu vínculo é de três anos. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos