Ex-vice acredita em entendimento de Fred e Levir e pede "paz" por títulos

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Reprodução/Instagram

    Bittencourt acredita que Fred e Levir resolverão situação pelo bem do Fluminense

    Bittencourt acredita que Fred e Levir resolverão situação pelo bem do Fluminense

O desentendimento entre Fred e o técnico Levir Culpi é uma coisa normal do futebol e será resolvido para o bem do Fluminense. Pelo menos essa é a opinião do advogado e ex-vice de futebol do clube, Mário Bittencourt. Segundo ele, que conhece bem o atacante, a situação tem tudo para ter um final feliz nos próximos dias apesar da proporção tomada nas últimas horas.

"Acredito que vá se chegar num entendimento porque deve ter sido algo de dia a dia extremamente comum no futebol. Um grande jogador com a história que tem o Fred no clube e um grande treinador como o Levir que em apenas um mês já possui resultados extremamente expressivos certamente vao se acertar", disse Bittencourt ao UOL Esporte.

"Tenho absoluta certeza que, se houve um desentendimento mesmo, ninguém questiona a autoridade do técnico. O Fluminense tem hierarquia. Nunca foi diferente. Um bom papo entre todos os envolvidos resolve a questão e estou convicto que o Presidente com sua experiência à frente do comando hierárquico do clube saberá resolver isso de forma tranquila", completou o advogado.

Para Mário Bittencourt esse tipo de situação faz parte do esporte e precisa ser tratado com inteligência para que o Fluminense não saia perdendo. Aliás, é justamente essa a preocupação do ex-vice de futebol. Ele pede união e paz  para que o Tricolor resolva o problema e volte a trilhar o caminho da tranquilidade.

"Estas situações de vestiário acontecem no mundo do futebol a toda hora e quando envolvem grandes jogadores e ídolos devem ser conduzidas com o maior equilíbrio possível. Não existem vilões e heróis nestas histórias. Nunca. Deve existir sim o objetivo comum  que é o Fluminense vencer. Não podemos, em hipótese alguma, cair na armadilha que todos querem, ou seja, quando dois títulos se aproximam jogarem a instituição numa crise por algo que pode ser resolvido internamente. Numa leitura equilibrada e olhando por todos os ângulos, vemos que qualquer que seja o movimento drástico o Fluminense sairá perdendo".

Bittencourt vai além e lembra o atual momento vivido pelo Fluminense, que luta pelo título do Campeonato Carioca e está na final da Primeira Liga – contra o Atlético-PR. "Nessa reta final de duas competições tão importantes o clube precisa estar em paz para conquistar os títulos que nos tricolores tanto queremos. Situações assim podem ocorrer e ocorrem em qualquer grupo, equipe de futebol ou empresa. O importante é conduzir com tranquilidade", encerrou Mário Bittencourt.  

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos